QUAL A INFLUÊNCIA DA TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO DO SEU FILHO?

EXISTE VIDA ALÉM DA TECNOLOGIA

Qual é a influência da televisão no desenvolvimento do seu filho? O que de fato ele tem assistido nesses programas infantis? Quais os pontos positivos e negativos?Você costuma assistir a esses programas com seu filho? O que ele assiste está de acordo com os valores da sua família? Quanto tempo eles passam jogando no computador, tablet ou celular? Como brincar sem o uso tecnológico? 

Nas férias escolares é muito comum a criançada optar pelo uso da tecnologia para entreter seus dias. Quem cuida precisa rebolar para diminuir o tempo do sofá. O uso está se tornando cada vez mais comum e o contado com a televisão, celular, tablet e computador ainda mais cedo. São inúmeras ofertas de brincadeiras, jogos, brinquedos eletrônicos que “brincam sozinhos”. Acabam tornando nossos pequenos muito passivos, alienados, o contrário que se espera de uma criança.

Ficar muito tempo assistindo à televisão não é saudável, principalmente na fase em que a criança precisa desenvolver mais atividades motoras. Para trabalhar coordenação ela precisa interagir.

A civilização não andaria hoje sem o computador, mas a criança deve passar pelas etapas que a humanidade toda já passou até agora”, resume o pediatra Antonio Carlos de Souza Aranha. Ou seja: desenvolver primeiro a criatividade e o raciocínio próprios, para depois dominar uma ferramenta que é parte integrante da vida moderna – e que jamais funcionaria sem a criatividade e o raciocínio humanos.
Depois de 2 anos pedindo de presente, o “papai noel” trouxe o tablet para a Elisa neste natal. Confesso que tinha muitas duvidas e achava que era muito nova para isto ( a Isa vai completar 6 anos em fevereiro). Pesquisei muito a respeito sobre os pontos negativos e positivos também. Ela já usava nosso celular desde os 3 anos, muito raramente, claro! (Para os críticos de plantão…quem deve decidir a hora certa são os pais)Claro que precisa ser uma escolha consciente, pois existem muitos malefícios do uso inadequado para as crianças. A recomendação da Academia Americana de Pediatria (AAP) é que crianças menores de 5 anos devem ter menos de 2 horas de televisão(incluindo toda a tecnologia) por dia.

LISTA DOS PONTOS NEGATIVOS:

Assistir televisão (qualquer uso de eletrônicos) pode levar a criança a desenvolver:
  • Tendência à imitação;
  • Submissão;
  • Isolamento ou apatia;
  • Agressividade;
  • Atividade sexual precoce;
  • Diminuição da comunicação familiar;
  • Insônia;
  • Obesidade;
  • Consumismo;
  • A criança até 2 anos que fica muito tempo diante da TV pode ter o desenvolvimento da visão periférica comprometida;
  • Mais chances de desenvolver asma (de acordo com estudos britânicos);
  • diminui a capacidade de concentração;
  • estereotipagem (muitas vezes de forma errada) racial e dos papéis de gênero.

 5 DICAS PARA COMEÇAR HOJE:

1) Limite o uso da TV a uma hora ou no máximo a duas horas por dia e lembre-se de escolher um programa de boa qualidade. Para isso, procure conhecer os programas que seu filho gosta de assistir. Você pode fazer isso nos finais de semana ou gravá-los para assistir depois.

2) Selecione os programas que você assiste quando as crianças estiverem por perto. Lembre-se: educamos pelo exemplo.

3) Não faça da TV o ponto central da sua casa. Apenas um aparelho em casa é o suficiente. Essa dica é importante! Na minha casa, por exemplo, só temos um aparelho.

4) Procure assistir alguns dos programas com seu filho e o ensine a ter opiniões críticas sobre o que assiste.

5) Não perca a oportunidade de estar com seu filho. Mas se for para escolher entre a TV ou uma brincadeira, prefira brincar com ele. Vai ser mais divertido!

Você deve estar se perguntando como poderá acompanhar os programas que seu filho assiste com essa falta de tempo e correria, já que ninguém é de ferro(e confesso que tem dias que elas usam mais que o necessário). Mas, é fundamental que você saiba o que seu filho anda assistindo. Não perca tempo! Pesquise, leia, converse com outra pessoas, procure dentro da sua rotina uma forma de conhecer que tipo de informação a TV está transmitindo para seu filho. Afinal, você não quer permitir que a TV molde os valores, as crenças e o comportamento do seu filho!

LISTA DE BRINCADEIRAS QUE ESTIMULAM A CRIATIVIDADE:

  • Pular amarelinha;
  • Pular corda;
  • Pula pula;
  • Cantigas de roda;
  • Esconde esconde;
  • Ioiô;
  • João bobinho;
  • Pião;
  • Bolinhas de gude;
  • Dança das cadeiras;
  • Futebol de botão;
  • Passa anel;
  • Vivo ou morto;
  • Pulando no saco;
  • Fantoches;
  • Contar histórias, faz de conta, se incluirmos fantasias então (brincadeira preferida das meninas aqui);
  • Pintura com tinta (guache);
  • Massinha de modelar;
  • Desenhar;
  • Culinária (quando meu tempo é maior para preparar as refeições gosto de colocá-las na cozinha, elas brincam, aprendem e ainda ficam pertinho de mim);
  • Jogo da velha;
  • Jogos de tabuleiro, xadrez, dama…;
  • Jogos de adivinhação, jogo da memória;
  • Mímica.

São tantas brincadeiras, é que as vezes nos esquecemos como era bom quando brincávamos sem o auxilio das telinhas!

54610182-5cc3-45e0-b2f5-7b0bc312451b8e15f411-83a2-40b0-9137-6534a974332a    08ad63ac-73c0-40dd-a129-93db290b01cdnuelaIMG-20160101-WA0006

Esta lembrando de mais alguma brincadeira que não coloquei na lista? Comente abaixo…

Espero ter ajudado!

Musica que amo!

Fonte: www.maesqueeducam.com.br

10 ATITUDES SAUDÁVEIS PARA 2016 COMO PAIS

PLANO DE AÇÃO PARA UMA MUDANÇA DE ATITUDES PARA 2016

Quando fazemos uma lista para o ano novo, pensamos muito nos bens materiais que queremos ter, no que precisamos fisicamente para sobreviver e nos divertir. Acredito que como pais precisamos de algo a mais para nossas vidas. Nossa essência esta nos ensinamentos que transmitimos para nossos filhos. Isto definirá muito do que ele se tornara no futuro, para isto é muito importante analisar o que é preciso mudar, acrescentar ou eliminar em nossos atos pois, nossas atitudes serão seguidas e uma coisa é certa, em muitas vezes o que a gente faz de errado é o que se aprende mais rápido.

Sempre antes de dormir, aproveito para conversar com a Elisa, pergunto o que fez do dia que ela gostou, o que a deixou triste, com a Manu conversamos sozinhas em outros momentos. Ela fez umas observações sobre mim que me fizeram refletir bastante. Ela é muito sincera e muito verdadeira. Fiquei imaginando como estava fazendo mal a elas e como poderia afetar suas vidas futuramente.

Se a relação que temos com nossos filhos é profunda, tem diálogo, se com apenas um olhar conseguimos identificar que tem algo errado então estamos próximos deles. Se não analisarmos as atitudes como um todo, então estaremos apenas criando crianças, dando só o básico para sobreviverem, transformando elas em robôs que poderão ser ouvidas e entendidas por pessoas de fora, que muitas vezes não são pessoas com boas intenções.

Então para este ano novinho que está começando, pensei em algo em que eu pudesse me empenhar e melhorar como mãe,  a lista ficou assim (vou postar la no Insta/Face um item deste por domingo):

10 ATITUDES SAUDÁVEIS:

  1. Cumprir com a palavra – (o exemplo começa dos pais, por isso, pais íntegros geram filhos íntegros, tanto em público quanto na vida privada. Se você deu a sua palavra, honre. Cumpra com as suas obrigações, faça o que é certo fazer.)
  2. Ser mais divertida – (É importante que o casal ensine os filhos a se divertirem em família, criando laços afetivos e construindo valores. Com isso, a vida se torna mais leve, apesar dos desafios, e os filhos aprendem a valorizar a companhia dos pais);
  3. Não gritar – (Porque gritar fecha a comunicação, corta o laço. Leva as pessoas a se distanciarem, em vez de se aproximarem. Por estarmos sempre ocupados e cheios de trabalhos para fazer perdemos a calma e um simples atraso para se arrumar, um suco derrubado ou algo que avisamos para não mexer e foi mexido já nos deixa irados, perder o controle e soltar um berro parece algo necessário, mas não é! Treinamento intensivo para eliminar este habito urgente!)
  4. Ser mais responsável – (Lembre-se que o bem-estar da família é sua responsabilidade. Atenda as necessidades dela, compreenda que você tem a função de manter a vida no seu lar. Se você falhar nessa tarefa, todos perecerão. Os vícios, as traições e muitos outros problemas tomarão conta da sua família. Não deixe isso acontecer);
  5. Demonstrar respeito pelo cônjuge – (Ensine para os filhos o quanto é importante cuidar do casamento por meio do seu exemplo. Não desvalorize a pessoa que ajudou você a construir uma família. É importante que os filhos percebam que há respeito no relacionamento dos pais, porque no futuro desejarão seguir esse exemplo. Muitos pais brigam com frequência na frente dos filhos, gerando emoções ruins, e isso terá reflexo no futuro);
  6. Demonstrar ser justa dentro de casa – (Saiba perdoar aos filhos e peça perdão quando estiver errado. As palavras e as experiências ruins podem deixar marcas para o resto da vida. Muitas famílias nos dias de hoje estão cobertas pela mágoa, pelo rancor e assim o mal tem se fortalecido nos lares);
  7. Orar mais pelas minhas filhas – (Os filhos seguirão os exemplos dos pais, por isso se os pais os educarem desde pequenos, no futuro eles também se tornarão bons exemplos. Como está escrito na Bíblia: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.”Provérbios 22.6)
  8. Ser mais carinhosa – ( É preciso haver uma interação física com a criança também durante as brincadeiras. E fazer brincadeiras com interação mais pessoal – ficar somente no computador e no videogame não é uma solução. A criança precisa de afeto, de abraços de beijinhos, de ser ouvida com atenção. É preciso ser menos general, conversar olhando nos olhos)
  9. Ajudar a expressar melhor os sentimentos – (Antes de se irritar porque a criança se comportou mal, tente entender o que esta causando este comportamento. Um dos maiores motivos para que elas desobedeçam é que elas não encontram outra maneira de demonstrar seus sentimentos. Quando notar que seu filho esta batendo em outra criança porque ele destruiu seu castelinho de areia, ensine-o que ele não deve bater no amigo e sim dizer: eu estou muito bravo com você)
  10. Brincar mais – ( A brincadeira estreita os laços, nos revela seus sentimentos, suas emoções, os filhos sentem que são importantes. É muito importante brincar, seja construindo castelos com peças de montar, com areia, seja de bonecas, carrinhos, bola, de dentista, de pipa, de mamãe e filhinha, quebra cabeça, adivinhações, de dançar, de cantar…)

Isto não é uma lista de como ser perfeito, mas de como podemos melhorar e ensinar nossos filhos a serem felizes e assim teremos o dobro de felicidade.

Uma boa dica para você construir sua lista para este novo ano é: pergunte para seu filho. Faça assim: se você encontrasse um gênio da lampada magica e tivesse 5 (ou mais) pedidos para fazer, com relação a seus pais, o que pediria para mudar? A resposta pode te surpreender!

Depois nos conte como ficou sua lista… e boa primeira segundona de 2016!

DSCF9162