PAI

Exemplo

Pai é PAI e não ajudante da mãe

Os textos do Içami Tiba são ótimos! Ele é médico Psiquiatra, Colunista, Psicoterapeuta e Psicodramatista, escritor de livros sobre educação familiar e escolar e já atendeu milhares de adolescentes e suas famílias. Super recomendo!

Por isso escolhi seu texto para este fim de semana super especial do dia dos Pais!

Boa Leitura!

 

“Paternidade é uma função própria do pai, com direitos e obrigações familiares importantes. Pai não é coadjuvante da mãe, é seu complementar.

            A mãe costuma pedir ajuda ao pai: Ajude aqui, por favor, fique um pouco com as crianças! Ele acha que está apenas ajudando a mãe e não se sente fazendo a sua parte. Muitos pais nada fazem enquanto suas mulheres não pedem. Para os filhos não interessa se é a mãe que está muito ativa ou se o pai é muito passivo. O que eles precisam é de pai e de mãe. Neste ponto, alguns pais reclamam que suas mulheres os tratam como se fossem filhos.

            Paternidade é a atitude de estar pronto a atender seus filhos, sem esperar que a mãe peça.

            Um pai acomodado, além de não ser um bom exemplo na família, estimula o filho a explorar a mãe. Numa família assim pode se estabelecer uma confusão entre pai acomodado/pai bonzinho e mãe ativa/mãe rabugenta – quando na realidade o pai é negligente e a mãe ativa é obrigada a cobrar as obrigações de todos.

            Fica muito clara esta situação quando uma mãe reclama que ela é a “pãe” da família. Ela tenta preencher também as funções de pai, o que é quase impossível.

            Há muitos homens, no entanto, que já assumem bem mais seu papel. Muito longe de querer substituir a mãe, eles querem tomar parte na educação do filho. Reparei em um passageiro que, em pleno voo, trocava as fraldas de seu bebê, que deveria ter um ano de idade. A mãe não estava presente. Um bebê cuidado pela mãe e pelo pai cresce com menos preconceitos e com menos machismo. Aquela família parece estar desenvolvendo a Alta Performance.”

Agradeço a Deus por ter um marido super participativo, amoroso, paciente, e carinhoso com sua família, agradeço a Deus também por ter o pai que tive, que me ensinou como um pai deveria ser!

Um feliz dia dos pais para todos que entendem esta linda missão!

QUAL O ASSUNTO DE HOJE?

Meninas lendo

SOBRE POKEMON GO, OLIMPÍADAS E NOSSOS ASSUNTOS DO MOMENTO

No que você tem gastado sua energia? No que tem focado? Quais são seus assuntos quando vai conversar com amigos ou família? O que você tem assistido na TV? Quais são as músicas que você ouve? Quais são os pensamentos que você produz quando está sozinho? O que você vê na internet? O que curti? Quais são os tipos de mensagens que você troca no WhatszApp? Já parou para pensar como pequenas atitudes pode trazer grandes resultados na sua vida e na vida de seus filhos?

 Nas redes sociais é o que não faltam, pessoas contra alguma coisa, contra uma atitude, contra o governo, contra aquele tipo de pessoa, contra as olimpíadas, contra uma nova brincadeira virtual (aliás, nunca vi tanta audiência para esta última). Não faltam pessoas para opinar e dizer o que não gostam, criticar, xingar ou difamar.

Isto não significa que é errado ter uma opinião formada sobre um assunto, que não devemos ser contra o que nos faz mal, principalmente para nossos filhos, não é isso! O assunto aqui é outro.

O discípulo de Jesus é obrigado a julgar! Às vezes, alguém na igreja terá que julgar outros irmãos para resolver problemas (1 Coríntios 6:1-5). Em geral, todos nós temos que julgar todas as coisas, retendo o bem e rejeitando o mal (1 Tessalonicenses 5:21-22). Para discernir entre essas coisas, é necessário crescer espiritualmente (Hebreus 5:12-14). As pessoas incapazes de julgar continuam como crianças, como pessoas carnais (1 Coríntios 3:1).

Continue reading →