INFÂNCIA MISSIONÁRIA: O QUE É, COMO SURGIU E QUAIS OBJETIVOS?

 

Já havia explicado brevemente sobre a infância missionaria la no Insta, mas são tantas informações importantes que recebi do encontro de pais no ultimo domingo de Outubro, achei melhor compartilhar com vocês para que esta belíssima obra alcance mais famílias:

UM POUCO DA HISTÓRIA DO FUNDADOR

D. Carlos Augusto Maria José de Forbin-Janson nasceu em Paris, em três de novembro de 1785, de uma família nobre (tinha o título de conde). Aos cinco anos de idade, teve de experimentar as amarguras do desterro, indo para a Alemanha com os seus pais, onde a perseguição,  por terem querido defender a Monarquia, havia-os forçado a buscar asilo. Recebeu uma primorosa educação cristã. Sua maior felicidade era assistir à Santa Missa, visitar Jesus no seu Santíssimo Saramento e ajudar os pobres. Aos 23 anos, entrou no Seminário de São Sulpício, em Paris. Em 1811, foi ordenado sacerdote. O apostolado era a sua grande paixão. Sua voz eloquente ressoou de um extremo ao outro da França, ganhando inúmeras pessoas para Deus. Era sabido que o seu coração e o seu bolso estavam abertos aos pobres, aos quais ele dava até suas roupas mais necessárias. Em 1817, foi enviado em missão à Síria. Esteve na Turquia,  visitou Nazaré e chegou a Jerusalém. Em 1819, voltou a França, onde continuou seu trabalho missionário. Eleito Bispo de Nancy e de Toul, Primaz da Lorena “foi o retrato do Bom Pastor”. Se dedicou por inteiro a missões na França, já que não podia ir à Ásia. Preocupava-se pela infeliz situação de milhares de crianças na China.

Notícias vindas de missionários dos “países de missão”, de modo especial da China, falando sobre a dura realidade das crianças como mortalidade, abandono, fome…

Como cartas desse tipo:

“ENCONTRO-ME RODEADO, MESMO SEM SABER COMO, DE UMA DEZENA DE CRIANÇAS, UMAS BEBES, OUTRAS DE DOIS, TRÊS, QUATRO ANOS DE IDADE, ALGUMAS COBERTAS DE SARNA, OUTRAS, DE FERIDAS. OS POBREZINHOS JÁ NÃO TÊM O QUE COMER E SE CANSAM DE CHORAR. É PRECISO CONSEGUIR COMIDA PARA ELES, E PAGÁ-LA… ENQUANTO ISSO, PARA NÃO MORREREM DE FOME, VÊ-ME OBRIGADO A PREPARAR-LHES EU MESMO UM PRATO DE FARINHA E AÇÚCAR, DEPOIS TENTO ARRANJAR-LHES ROUPA, MEDICÁ-LOS, LAVÁ-LAS, DAR-LHES UM TETO, ENFIM, FAZER ÀS VEZES DE UMA MÃE… DEUS CONCEDE-ME AS FORÇAS PARA SUSTENTAR TANTAS”
 

COMO SURGIU A INFÂNCIA MISSIONÁRIA?

Continue reading →