DEUS EXISTE?

 

download (1)PORQUE MUITOS DUVIDAM DA EXISTÊNCIA DE DEUS?

A busca pelas razões da origem do mundo faz muitas pessoas questionar se Deus realmente existe. Os mais racionais buscam explicações lógicas para acontecimentos inexplicáveis. Como se o mundo fosse uma máquina e tivessem que encaixar as peças. A maioria dessas pessoas sabem que existe uma força maior. Porem, a fé e a razão não precisam estar separadas. Baseada na carta “Fides et Ratio” (Fé e Razão), publicada em 1998, durante o papado de São João Paulo II: “A fé e a razão constituem como que as duas asas pelas quais o espírito humano se eleva para a contemplação da verdade.” 

FILME: DEUS NÃO ESTÁ MORTO

Data de lançamento: 21 de março de 2014 (mundial)  Direção: Harold Cronk Duração: 1h 52m Produtora: Pure Flix Entertainment

 

No filme Deus não esta morto, o estudante, Josh Wheaton (Shane Harper) terá sua fé desafiada diante de todos os seus colegas de classe na aula inaugural da turma de Filosofia. Ao iniciar a aula, o arrogante professor Radisson (Kevin Sorbo) diz não querer perder tempo com tolices e, assim, orienta seus alunos, categoricamente, a negarem a existência de Deus, caso contrário sofreriam as consequências de uma reprovação iminente.

O estudante mostra em suas explicações o porque Deus existe, e no final faz a pergunta para a sala e os deixa livres para escolher em quem acreditar. O professor revela sua real relação com Deus e o porque parou de acreditar Nele.

Vale a pena assistir, até para termos argumentos quando vierem nos questionar.

I Pedro 3,15

Estai sempre prontos a responder para vossa defesa a todo aquele que vos pedir a razão de vossa esperança.”

Quantas vezes somos influenciados a negar a existência Divina? No Brasil temos mais liberdade religiosa, acredito que nas faculdades ou escolas as duvidas são mais frequentes. Já no Oriente Médio os conflitos entre Palestinos e Israelenses parecem nunca ter fim. Usam a religião para manipular e explorar o que na verdade não passa de uma guerra por territórios, enquanto isto milhares de inocentes são mortos.

COMO ENSINO AQUI EM CASA

No meu caso, eu não tenho um pingo de dúvida. Já senti a presença Divina inúmeras vezes em minha vida. Estranho seria se não acreditasse. Como pra mim é algo muito real, transmito com facilidade para minhas filhas esta minha certeza.

Gosto de explicar da seguinte forma:

Elisa: Cadê Deus mãe?

Eu: Esta aqui filha, não esta vendo? Ele esta em todo lugar, o tempo todo, enquanto você dorme ele cuida de você.

Elisa: Ah mãe, não estou vendo nada…

Eu: (assopro em sua orelhinha) Sentiu? Sentiu este ventinho?

Elisa: Sim… pra que isto?

Eu: Você viu o vento indo para sua orelhinha?

Elisa: Não né mãe, a gente não vê o vento…

Eu: Viu só? Deus é como o vento? Você sabe que ele existe mas você não vê!

Elisa: Hum, acho que entendi

Se já é complicado para os adultos, imagine na cabeça de uma criança? O importante é ir mostrando aos poucos, e nunca deixar de falar Dele!

Em uma missa da Páscoa que fomos (deste ano) eu falei pra elas que iriamos ver Jesus Cristo ressuscitar. A Elisa estava muito ansiosa, porque iria o ver pessoalmente! (o bom é que elas tem muita imaginação). Sempre tem encenação na igreja, então fui na fé que iriam fazer este ano de novo. Ficamos bem perto do corredor central, a igreja  estava lotada. Consegui prender a atenção ao menos da Elisa que estava na expectativa,  a Manuela ainda não compreende muito. É chegado o momento, as luzes se apagam…  anunciam que Ele ressuscitou… e a Elisa: mãeee, não to vendooo, cadê?? Estávamos olhando para o altar foi quando de repente, um homem vestido de branco descalço passa do nosso lado. Imaginem a cara que ela fez! Nem precisei falar uma palavra. Só chorei, não consegui segurar a emoção, nem ela. Por mais que seja apenas simbólico, tenho a certeza que passei pra ela o que eu estava sentindo… o quanto é emocionante a ressurreição.  Se é errado ou não, acredito que não seja esta a questão, e sim o significado daquele momento.

Achei este texto do diálogo entre bebes gêmeos no ventre da mãe muito interessante! Somo nós neste mundo.

Vale a pena ler até o final.

mae

 

Diálogo do Ventre
.
No ventre de uma mulher grávida dois gêmeos dialogam: — Você acredita em vida após o parto? — Claro! Há de haver algo após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde. — Bobagem, não há vida após o nascimento. Afinal como seria essa vida? — Eu não sei exatamente, mas certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a nossa boca. — Isso é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical nos alimenta. Além disso, andar não faz sentido pois o cordão umbilical é muito curto. — Sinto que há algo mais. Talvez seja apenas um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui. — Mas ninguém nunca voltou de lá. O parto apenas encerra a vida. E afinal de contas, a vida é nada mais do que a angústia prolongada na escuridão. — Bem, eu não sei exatamente como será depois do nascimento, mas com certeza veremos a mamãe e ela cuidará de nós. — Mamãe? Você acredita em mamãe? Se ela existe, onde ela está? — Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela não existiríamos. — Eu não acredito! Nunca vi nenhuma mamãe, por isso é claro que ela não existe. — Bem, mas ás vezes quando estamos em silêncio, posso ouvi-la cantando, ou senti-la afagando nosso mundo. Eu penso que após o parto, a vida real nos espera; e, no momento, estamos nos preparando para ela.

Autor: Útmutató a Léleknek  (escritor úngaro)

E você? Acredita em Deus? Transmite sua fé as crianças?

Deixe uma resposta