Papai Noel existe?

PAPAI DO CÉU OU PAPAI NOEL?

São Nicolau

São Nicolau

 

Os dois. Como já mencionei no post de idéias para o presépio de natal , eu amo o natal! Gosto de tudo o que tem nele, gosto da magia (isto mesmo, magia, este ar delicioso de coisas boas, de ferias do trabalho, de aconchego da família reunida), gosto dos enfeites, gosto das festas, da novena de natal, da missa de natal, de tudo, tudo mesmo. Assim como muitos se preparam para uma outra festa qualquer e faz deste dia muito especial, com seus encantos, assim também faço desta data muito especial em minha vida e em minha família. Sou apenas mais uma cidadã que acredita no amor, como dizia o Pe Zezinho: “e quem crê por favor não disfarce a esperança que tem, quem não crê tem a minha amizade e respeito também, eu porém acredito em Jesus, em seu reino de amor” (um reino de amor que pra mim cabe muitas coisas boas, e todas as crenças que tragam o amor também) . E se acredito em Papai Noel? Lógico que sim, e sim, eu ensino minhas filhas a acreditarem também, e não, elas não colocam o Noel no centro da festa, ele é um integrante, um fiel amigo do nosso Papai do céu. As pessoas precisam se informar mais sobre o assunto para não cometer enganos sobre isso, precisam parar de falar mal do Papai Noel, ele é muito importante para o bom crescimento psicológico das crianças, assim como explica a psicologa Daniella Freixo de Faria:

É muito importante para entrar em contato com bons valores, bons princípios, com a fé, com a sabedoria, com a doação, com a entrega, com a gratidão, com a surpresa, com a alegria de pedir uma coisa e receber esta coisa, e tudo isto é bonito e gostoso. Quando a criança vive esta fase da vida de uma forma harmônica e rica (nas atitudes) ela se torna um adulto com fé em si mesmo, mais otimista, perseverante e que tem fé na vida, acredita que é possível, acredita em algo a mais, seja em si mesmo, seja no outro, nas relações, enfim, tem uma vida feliz.

 

E quando crescerem e me perguntarem a verdade, eu vou falar a verdade, não gosto de mentiras, minha relação com minhas filhas precisa ser baseada na verdade, na minha verdade. Vou perguntar o que elas acham, e a partir dai vou dizer que o Papai Noel só existe de verdade pra quem acredita, vou partir do ponto que foi positivo acreditar, e esta sensação não precisa ir embora, preciso cultivar a criança que existe dentro de mim, pois é só “com o coração de criança que entrarei no Reino dos Céus”, como dizia Jesus. E para as pessoas que não acreditam, infelizmente o Papai Noel não existe, e quantas coisas mais não existe na vida dessas pessoas? Quantas borboletas na barriga estas pessoas não sentiram? Quanta fé no que é bom da vida falta?

Pesquisei bastante sobre o assunto e vou explicar melhor:

Pasmem… Papai Noel existe de verdade e mora no Céu! Ele é um santo da Igreja Católica:

São Nicolau.

Um pouquinho da história de São Nicolau

Nicolau, filho de cristãos abastados, nasceu na segunda metade do século III, em Patara na Turquia, uma cidade portuária muito movimentada.

Conta-se que foi desde muito cedo que Nicolau se mostrou generoso. Uma das histórias mais conhecidas relata a de um comerciante falido que tinha três filhas e que, perante a sua precária situação, não tendo dote para casar bem as suas filhas, estava tentado a prostituí-las. Quando Nicolau soube disso, passou junto da casa do comerciante e atirou um saco de ouro e prata pela janela aberta, que caiu junto da lareira, perto de umas meias que estavam a secar. Assim, o comerciante pôde preparar o enxoval da filha mais velha e casá-la. Nicolau fez o mesmo para as outras duas filhas do comerciante, assim que estas atingiram a maturidade.

Quando os pais de Nicolau morreram, o tio aconselhou-o a viajar até à Terra Santa. Durante a viagem, deu-se uma violenta tempestade que acalmou rapidamente assim que Nicolau começou a rezar (foi por isso que tornou também o padroeiro dos marinheiros e dos mercadores). Ao voltar de viagem, decidiu ir morar para Myra (sudoeste da Ásia menor), doando todos os seus bens e vivendo na pobreza.

Quando o bispo de Myra da altura morreu, os anciões da cidade não sabiam quem nomear para bispo, colocando a decisão na vontade de Deus. Na noite seguinte, o ancião mais velho sonhou com Deus que lhe disse que o primeiro homem a entrar na igreja no dia seguinte, seria o novo bispo de Myra. Nicolau costumava levantar-se cedo para lá rezar e foi assim que, sendo o primeiro homem a entrar na igreja naquele dia, se tornou bispo de Myra.

S. Nicolau faleceu a 6 de Dezembro de 342 (meados do século IV) e os seus restos mortais foram levados, em 1807, para a cidade de Bari, em Itália. É atualmente um dos santos mais populares entre os cristãos.

E porque ele aparece no Natal?

Porque o dia de São Nicolau é bem pertinho do Natal: 6 de dezembro. Foi na Alemanha que começou a tradição das crianças ganharem presentes e doces no dia de São Nicolau, mas logo se espalhou por todos os países da Europa.

E como “Nicolau” virou “Noel”?

Foi nos Estados Unidos, em 1822. Um professor de Nova Yorque, Thomas Nast, escreveu uma história em forma de poema para seus filhos chamado “Uma visita de São Nicolau”. Nesse poema, ele inventou que Nicolau viajava num trenó puxado por renas, entrava pela chaminé, etc. E, como nos Estados Unidos a maioria da população era protestante, o comércio não vendia doces e brinquedos na época do Natal como na Europa, no dia de São Nicolau. Então tiveram a ideia de divulgar a história do poema de Thomas Nast e transformá-la numa lenda onde um bom velhinho que tem uma fábrica de presentes no Pólo Norte, no Natal entrega presentes para as crianças, assim os pais comprariam presentes para não decepcionar as crianças.

E a roupa de Papai Noel? O que tem a ver com São Nicolau?

Não pegava bem o Noel americano, andar por ai com roupas de um santo católico. Então, para edição especial de Natal de uma revista, o desenhista Thomas Nast, em 1886, aproveitou o visual gorducho de barbas brancas e roupas vermelhas do bispo, mas trocou suas vestes de bispo por uma bem quente, com boas botas e peles para andar na neve. Mas até hoje na Europa, as crianças comemoram São Nicolau: com os paramentos eclesiásticos de bispo, tendo, em vez do gorro vermelho, uma mitra episcopal.

E o nome “Papai Noel”? Como surgiu?

Noel faz referencia a palavra “Natal”.  Mas em cada lugar do mundo ele é chamado de um nome diferente.

É errado ter Papai Noel nas nossas festas de Natal?

Claro que não! Ainda mais agora que a gente sabe tudo sobre o verdadeiro Papai Noel. Tenho certeza que são Nicolau entende. São Nicolau, ou Papai Noel, como o chamamos, representa a bondade, a esperança, a fé, a caridade, tudo que é bonito e gostoso,  a partilha de nossa felicidade através dos presentes pelo nascimento do Menino Jesus. A troca de presentes neste dia é bíblico.

Só perde o sentido quando as pessoas esquecem do aniversariante, não colocam Jesus no centro, não rezam, não vão a igreja, não são pessoas melhores, não param para refletir sobre seus atos, não doam parte do seu tempo do seu dinheiro, não ensinam seus filhos (com as atitudes) a serem pessoas boas, só pensam em trabalhar, não vivenciam os momentos em família. Porque são esses que vamos lembrar quando tudo passar, os momentos em família, quando os bens materiais não fazerem mais sentido, quando a velhice chegar e percebermos que as pessoas que são importantes não estão mais ao nosso lado, e o quanto tempo jogamos fora por puro capricho, orgulho, desamor, por acreditar demais em pessoas erradas, enfim… pra essas pessoas o Natal não tem muito sentido, perde o sabor.

Aqui comemoramos o aniversario do Menino Jesus. Teve festa, rezamos a novena de natal, que este ano esta de parabéns! Me emocionei em todos os encontros, nos pede muito para sermos misericordiosos, mais próximos, tem lindas historias de vida. E as crianças aprendem desde cedo o melhor deste período.

niver

Gosto de ouvir as musicas de natal, coloco aqui durante o dia enquanto as meninas brincam. As musicas do Pe Zezinho sempre estiveram comigo desde a infância, gosto de ouvi-las e do modo que fala, como é eclético, nos ensina a amar a todos igualmente, qualquer religião. Este é especial pra mim no natal:

 

Também vamos ter trocas de presentes, teve lista com os pedidos dentro da meia… vamos ir a missa na véspera, e de manhã, quando acordarem, em baixo da arvore de natal terá os presentes para as minhas princesas!

Alegria

Minha maior alegria é ver a felicidade delas!

Vamos olhar o lado bom das coisas, o lado bom das pessoas, vamos ser o lado bom, vamos fazer o bem!

… Porque Nicolau é um amigo de Jesus, e Jesus é o verdadeiro dono da festa. São Nicolau… Rogai por nós!

 

Um lindo e abençoado natal a todos!

Fonte:

http://blog.cancaonova.com/amigosdoceu

http://natal.com.pt/

Deixe uma resposta